60.º Aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos

No contexto do 60º aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos, a Nova Acrópole quer partilhar convosco o firme empenho de continuar a trabalhar (como o temos vindo a fazer desde há 51 anos) no fortalecimento das bases de uma Ética e Valores Humanos Universais com vista a tornar realidade o respeito pela dignidade e direitos de todos os homens e mulheres da Terra sem distinção de sexo, condição social, crença ou raça.
Reafirmamos os nossos princípios fundacionais como firme contributo à tarefa comum que nos une:

I. Reunir os Homens e Mulheres de todas as crenças, raças e condições sociais em torno de um ideal de fraternidade universal;
II. Despertar uma visão global através do estudo comparado da Filosofia, das Ciências, Religiões e Artes;
III. Desenvolver as capacidades do indivíduo para que possa integrar-se na Natureza e viver segundo as características da sua própria personalidade.

Urge uma necessária humanização ética de todos os aspectos da sociedade, não só possível através das declarações institucionais senão desde o compromisso pessoal de todos os homens e mulheres de bem.

Como dizia Gandhi:

“Amanhã poderemos ter que nos sentar perante os nossos filhos e dizer-lhes que fomos derrotados… mas não poderemos olhá-los nos olhos e dizer-lhes que vivem assim porque não nos atrevemos a lutar.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *