VISITA CULTURAL Românico e Vila do Conde

Foi no passado dia 2 de Agosto, num dia de Verão fingido, que fomos por terras do Douro Litoral à descoberta do passado. Chegámos a São Pedro de Rates, santo dos primórdios do cristianismo que ficou considerado como primeiro bispo bracarense. Acompanhados por férteis águas e guarda-chuvas que nada impediram de contemplarmos a arquitectura românica deste vetusto monumento de misteriosos capitéis, com o seu pórtico principal preenchido por Cristo numa mandorla e a sul o típico Agnus Dei… Diz a lenda que no dia dedicado a este santo, 26 de Abril, se alguém não cumprir com a sacralidade da data teria a sua roupa roída pelos ratos…
Em São Cristóvão de Rio Mau, apreciámos a originalidade dos capitéis da cabeceira da igreja que tem as suas fundações no remoto Séc XII.
A tarde foi dedicada à terra dos poetas, a Vila do Conde, sítio de jardins, águas frescas e peculiar calmia que parecem justificar tanta inspiração poética. Entre José Régio, Antero de Quental e outros que por ali passaram tentámos, ousadamente, sentir as inquietações destas almas que nos deixaram obra.
E terminámos com a partilha de um delicioso bolo de maçã misturado com promessas de novas descobertas.

DSC_4716-2

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *