Inauguração Espaço Arkhé com recital de Luísa Amaro e exposição

Em período solsticial, na quinta-feira, 23 de Junho ao final da tarde realizou-se o evento de inauguração do Espaço Arkhé da Nova Acrópole Oeiras-Cascais. Várias dezenas de convidados estiveram presentes num evento que teve como objectivo dar a conhecer a essência do que irá ser o Espaço Arkhé, como lugar dedicado à filosofia, cultura e voluntariado.

O evento avançou primeiramente com uma envolvente e magnífica actuação da guitarrista Luísa Amaro, seguiu para a apresentação da exposição de obras de arte de pintores Portugueses, «O Temp(l)o da Sabedoria», e terminou com um buffet e convívio amigável. A cultura, a arte e a amizade preencheram toda a atmosfera do Espaço Arkhé.

13614928_175074189573639_8958099976999033950_nLuísa Amaro – notável compositora e intérprete genial da guitarra portuguesa – encantou todos os presentes com a intimidade audível que tem com o instrumento e que trata com tanto carinho, é portador de uma sensibilidade mágica que transforma a guitarra portuguesa numa orquestra do mundo onde vibram as estrelas. A música da compositora unificou o espaço e todos presentes ao ponto de no final da actuação, foram alguns que da plateia se manifestaram maravilhados, como a especialista em educação pela arte, Maria João Craveiro Lopes, e outros tantos que se contiveram. Apresentou temas dos seus dois últimos álbuns – “Meditherranios” e “Argvs”. O último tema da actuação – “Odisseia” – absorveu a audiência de tal maneira que fora da Arkhé, naquele momento, poderia haver Brexit, campeonato Europeu e muito mais, que eram certamente inexistentes para um espaço que tinha saído do tempo. A música tem essa magia. No fim todos aplaudiram de pé!

13669137_175074669573591_1924699543544872012_n
Seguiu-se a apresentação da exposição de pintura: os quadros expostos são da autoria dos pintores Anabela Faia, Luís Vieira Baptista, Patrícia e Rosário Falcão. A apresentação foi em modo de recital poético realizado por voluntários da Nova Acrópole. Para cada quadro um poema e para cada poema uma voz e um estilo diferente. A diversidade e dinâmica da apresentação criaram momentos de surpresa e emoção num magnífico ambiente de inter-artes.

13654411_175074949573563_8917068790426319066_n


Para terminar e dar continuação aos belos momentos de expressão artística, foi montado um buffet e houve um agradável convívio já num ambiente informal e amigável. A natureza deste evento certamente marca o tom para o que virá a acontecer no Espaço Arkhé. Durante os meses de Julho e Agosto outras actividades irão ser organizadas no espaço, que poderão ser consultadas no Facebook, na página web da Nova Acrópole e no próprio Espaço, onde a livraria se mantém aberta ao público de segunda a quinta das 12h às 17h30 e das 12h às 20h na sexta-feira.
Já na próxima terça-feira, 19 de Julho, começaremos o ciclo de Verão com um vídeofórum com base no excelente filme, «Confucius».

[RZP]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *